domingo, 19 de dezembro de 2010

Fim de ano pede.......................... PANETONE Sem Glúten e Sem Lactose!!!

Olá... 
A pedidos: PANETONE!!!
Fiz uma mescla de várias receitas que tinha de panetone e formas de fazer e saiu essa!
Ficou muito gostoso, e eu não sou muito fã. Mas gostei mais desse do que dos normais, que acho muito artificial.
Experimentem! Beijos...

INGREDIENTES:
1  xícara de farinha de arroz;
1  xícara de polvilho;
1/2 colher (de chá) de sal;
1 e 1/4 xícara de açúcar cristal;
1 1/2 colheres (de chá) de CMC (informações sobre o CMC  AQUI)
1  xícara de água morna;
1 ovo;
1 1/2 colheres de creme vegetal (Pode ser becel);
1/2 colher de essência de panetone;
1/2 xícara de uvas passas;
1/2 xícara de frutas cristalizadas;
2 colheres (sopa) de fermento biológico seco.

 
MODO DE PREPARO:
Em uma vasilha média misture todos os ingredientes secos. Na batedeira adicione a água morna e bata em velocidade baixa para misturar. Abaixo você confere a aparência da mistura:
Junte os ovos levemente batidos com o creme vegetal, as frutas e uvas passas e a essência. Bata em velocidade baixa para misturar. Aumente a velocidade da batedeira para o máximo e bata por mais 3 minutos.
Despeje a massa em uma forma para panettone (de 500g) untada com creme vegetal, deixe pela metade da forma de massa. 

Deixe descansar em local quente (forno microondas fechado) por aproximadamente 40 minutos ou até que a massa atinja 1cm da borda. É importante que não cresça demais para que ao assar não abaixe no meio.
 Leve o Panetone ao forno, sobre uma assadeira e, asse-o por 30 min. 
Após 20 minutos, abaixe para forno médio.
Após retirá-lo do forno, pincele creme vegetal sobre a casca.

Fiz uma receita e meia para experimentar usar forminhas de muffins, mas não deu muito certo. Quando cresceu a massa, a forminha amoleceu e abriu tive que correr para colocar dentro de outra para salvar.
Nisso o grande que havia crescido muito (ficou lindo), ficou de fora enquanto eu socorria os pequenos, acho que isso o fez baixar um pouco no meio enquanto assava.
Até que ficaram bonitinhos não?


Acho que pela aparência dá para perceber o quanto ficou fofo e úmido. 
O meu ficou pouco doce, quem gosta mais doce pode aumentar a quantidade de açúcar ou as frutas secas.

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

ESFIRA SEM GLÚTEN II (REPAGINADA)

Bom dia!
Sábado foi dia de Esfira! 
Aproveitei que uma leitora tinha me pedido e repeti a dose com umas mudanças.
Na antiga receita, que você confere aqui, não usei o CMC.
E a mistura da farinha era diferente.
Confiram o passo a passo e digam o que acharam!
Beijos.


INGREDIENTES:
Massa:
3 xícaras de farinha misturada (2 xícaras de farinha ou creme de arroz, 2/3 de fécula de batata e 1/3 de polvilho doce);

1 e 1/2 colher de CMC (informações sobre o CMC  AQUI  );1 colher de sopa de açúcar;
1 colher de café de sal;
1 colher (sopa) de fermento para pão (um envelope de 10g);
2 colheres de chá de liga neutra (emulsificante para sorvete)
2 ovos;
½ xícara de óleo
Leite morno até dar ponto de amassar.


Recheio:
200 g de carne moída crua;
1 cebola pequena picada;
2 tomates picados;
Cheiro verde a gosto;
Sal;
Azeite;
Suco de meio limão.
Misture todos os ingredientes e tempere a gosto.

MODO DE PREPARO:
Coloque na vasilha que for preparar a massa: o fermento, açúcar, 3 colheres da farinha preparada e um pouco de água morna, faça um creme e deixe em local abafado por 20 min.
Tentei capturar a aparência:



Após o tempo, o fermento reage e forma o que chamo de "esponjinha" (foto), então junte (já amassando):
 as farinhas já misturadas, o  sal, os ovos batidos, a liga neutra, o óleo e o leite aos poucos até que dê ponto de amassar.

A minha massa ficou muito pegajosa, acrescentei polvilho até achar o ponto ideal.


Faça as bolinhas e coloque para crescer em local abafado (dentro do microondas é perfeito).

Na foto abaixo já estavam crescidas.




Pegue a bolinha, estará bem porosa, abra em um prato (com o filme plástico fica bem mais fácil de moldar):




Como já comentei aqui, homogeneidade e simetria não são meu forte, mas tenho uma amiga arquiteta muito habilidosa pra me ajudar, hehehe.








Pincele uma mistura de 1 gema com um pouco de leite.


Fizemos umas de queijo (quadradas) e abertas de carne.

Que ficaram assim:

 E as fechadas, digamos que PERFEITAS!!!!!!!!

Rachou um pouquinho, mas bem menos que a outra que fiz.
O recheio fica molhadinho,  e a massa não ficou tão quebradiça.




Espero que gostem... Beijos e ótima semana!

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

TORTA DE FRANGO DE LIQUIDIFICADOR (SEM GLÚTEN)

Olá!
Faço sempre essa torta em casa, vario os recheios de acordo com o que tem em casa e é sempre sucesso!
A receita é da mamãe, apenas substitui a farinha de trigo, e diminui a quantidade de líquidos.
Vamos à receita?


INGREDIENTES:
2 xícaras de farinha sem glúten (misture 2 xícaras de farinha de arroz, 2/3 de xíc de fécula de batata e 1/3 de xícara de polvilho doce);
2 ovos;
1 colher (de chá) CMC;
1 xícara de queijo ralado (meia cura);
1 xícara de leite desnatado;
1/3 de xícara de óleo;
1 pitada de sal (o queijo costuma ser bem salgado);
1 colher de fermento químico;


Recheio:
Meio peito de frango desfiado;
molho de tomate;
cebola e alho;
1 colher de maisena;
Ervilhas frescas;
Azeitonas picadas;
Champignon;
Sal a gosto.




Faça o molho como de costume, acrescente uma colher de maisena dissolvida em meia xíc. de água, mexa até que engrosse um pouco.
Esfrie o molho antes de colocar na torta.


MODO  DE PREPARO:
Bata os ingredientes da massa no liquidificador, menos o fermento que é misturado com uma colher no final.
Caso fique muito grossa, acrescente mais leite até que fique uma massa mais grossa que de panqueca.
Despeje pouco mais que a metade da massa em uma assadeira untada e enfarinhada (farinha sem glúten).
Distribua por cima o recheio, já morno para não cozinhar a massa.




Coloque colheradas de requeijão e mussarela por cima do recheio. (Opcional)
Acrescente o restante da massa e asse em forno pré-aquecido.







Essa torta me lembra a minha infância, nem parece que não tem farinha de trigo!
Façam e me contem como ficou e o que acharam.
Beijos e ótima semana.

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

SUBSTITUTOS!

Para nós, alérgicos, intolerantes, celíacos, etc, sempre surgem dúvidas na hora de cozinhar como: Quanto disso equivale a 1 kg daquilo????
E temos a resposta!
A Cláudia Marcelino teve o cuidado de explicar muito bem com as medidas e os substitutos.
Para conferir acesse o link do blog dela  http://dietasgsc.blogspot.com.
Vale imprimir e deixar próximo das suas receitas!
Beijos.

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Cookies Sem Glúten De Chocolate!

 Boa tarde...
Ontem testei uma receita nova, de cookies, nunca tinha feito nada parecido.
Fiz umas adaptações e postei para vocês.
Posso adiantar que ficaram deliciosos.
Experimente também!
Aí vai...

INGREDIENTES:

1 e 1/2 xícara de mistura de farinha sem glúten (2 xíc. de farinha de arroz , 2/3 de xíc. de fécula de batata, 1/3 de xícara de polvilho doce);
1 e 1/2 colheres (sopa) de chocolate em pó sem glúten;
1/2 colher das de chá de CMC (dúvidas AQUI );
1/2 colher das de chá de fermento químico (Pó Royal);
1 pitada de sal;
1/3 de xícara de óleo de canola;
1/3 de xícara de leite desnatado (caso prefira pode usar o leite vegetal, de soja ou arroz);
1 colher (sopa) de essência de baunilha;
1/2 de xícara de acúcar;
1/2 xícara de gotas de chocolate sem glúten (não encontrei em gotas, então piquei uma barra do meio amargo).

MODO DE PREPARO:
Em uma vasilha misture os ingredientes secos, depois adicione o óleo, o leite, a baunilha e misture bem até formar uma massa homogênea.
A massa fica bem pegajosa, adicione o chocolate e misture bem.


Forre uma assadeira com papel manteiga, unte com margarina e coloque porções da massa com uma colher. Modele os biscoitos dando uma amassadinha com o garfo.



 Asse em forno pré- aquecido (bem quente), por mais ou menos meia hora.


 Cuidado com o tempo de forno, os meus ficaram meio duros, mas ainda assim derretem na boca.
 Peço desculpas pela aparência, já perceberam que uniformidade não é o meu forte né? Rsrsrs...
O ideal é fazer menor porque ele dá uma "espalhada" quando esquenta.
Vale a pena experiementar! Beijos.

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

PÃO DOCE DE PASSAS - SEM GLÚTEN E SEM LACTOSE.

Boa tarde!
Peguei essa receita de uma revista e amei!
É simples de fazer, não vai leite  e ficou muito macio.

INGREDIENTES:

250grs de ameixas pretas secas;
100grs de uvas passas;
140 mL de água fervente;
1 e 1/2 xícara de açúcar;
1 xícara de farinha de arroz (usei 1/2 de fubá de arroz e 1/2 de arrozina) ;
1 xícara de polvilho doce ;
 1 colher (chá) rasa de CMC (se não conhece o CMC clique AQUI);

1 colher (sopa) de fermento químico;

1/2 colher de chá de sal;
2 ovos médios batidos com um garfo;
3 colheres de sopa rasas de óleo ou azeite.

MODO DE PREPARO:
Deixar as ameixas em água fria durante 2horas. Depois desse período, despeje a água, tire as sementes e pique bem as ameixas. Junte a água fervente e deixe por 5 minutos.
Coloque num recipiente o açúcar, a farinha de arroz, o polvilho doce, o fermento e o sal.
Coloque as uvas passas, a ameixas (sem a água), os ovos batidos e misture. 
Coloque o óleo ou o azeite. 
A massa fica bem pegajosa, mexa com as mãos.

Obs.: Antes de colocar na forma, se achar que ainda ficou seco pode acrescentar 10grs de água no máximo. 
Às vezes o ovo é menor do que o usado nessa receita e isso pode alterar a textura.

Despeje numa forma de pão untada com margarina e asse em forno médio (180graus) por mais ou menos 45 minutos – depende de cada forno. Experimente com um palito para ver se está cozido e seco por dentro.
Retire da forma e deixe esfriar.
Esse pão ficou muito gostoso, fiz no sábado e hoje, segunda, sem congelar ainda estava macio. Espero que gostem!
Beijos.

terça-feira, 23 de novembro de 2010

PÃO DE HAMBURGUER - VERSÃO DO PÃO DE IOGURTE FEITO PELA LEITORA MIRIAM.

Boa noite leitores!
Mais uma vez peço a compreensão de vocês por demorar a responder os comentários, mas respondo todos assim que posso.
Tenho recebido muitos e-mails, scraps e twitts sobre o blog e fico muito feliz por esse reconhecimento!
Agora mais feliz ainda fiquei ao receber as fotos de uma leitora, a Miriam, ela me superou no pão de iogurte  e fez em forminhas como pão de hamburguer!
Olhem as fotos:



     

Ficou muito prático para fazer os lanches e até para congelar.
Meus parabéns á Miriam e a todos que se aventuram na cozinha em busca de alimentos saudáveis e gostosos.
Um beijo grande!

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Pastéis sem Glúten e Sem Lactose!

Bom dia pessoal!
Estava com muita vontade de comer pastel, faz quase 3 anos que não vejo nem a cor!
Como vocês sabem prefiro sempre os assados, para não subir o ponteiro da balança, mas esses dias ando meio fora da dieta mesmo!
Pesquisei em blogs para achar a receita e como sempre, no blog da Claudia Marelino encontrei! Aqui você confere a receita original :  http://dietasgsc.blogspot.com/.
Na confecção contei com a ajuda da Larissa, minha amiga que sempre via a mãe fazer pastéis! Não tenho muita habilidade com o rolo de massas, rs.
Uma parte eu congelei, farei no forno para experimentar e fritarei um pouco para ver como fica depois de descongelados, postarei aqui para vocês conferirem.
Segue a receita:

INGREDIENTES:
2 xícaras das de chá de farinha de arroz ou creme de arroz (usei uma xícara de creme e uma de farinha de arroz, que chamo de fubá, por ser mais grossa);
2 colheres das de sopa de amido de milho;
1 colher das de chá de CMC (sobre o CMC clique aqui);
1/2 colher das de chá de sal;
2 ovos;
3 colheres das de sopa de óleo vegetal;
1 colher das de sopa de álcool ou cachaça;
10 a 20 colheres das de sopa de água morna (a minha massa estava muito seca com 10 colheres, fui adicionando até encontrar o ponto).
 
MODO DE PREPARO:

 Misture os ingredientes secos em uma vasilha. 
Adicione o restante dos ingredientes e amasse até formar uma massa homogênea. 
Cubra e deixe descansar. 


A massa ficou bonita, lisinha e muito moldável, não ficou quebradiça. 

Prepare o recheio que desejar, estique filme plástico em uma bancada, abra a massa com um rolo na espessura de pastel (fino), recheie, dobre a massa.


 Dobre e corte com um copo, ou faca se preferir outro formato. Com a ponta do grarfo reforce as bordas para não abrir durante a fritura.
Frite em óleo quente.

 

 Fizemos com recheios de carne moída, queijo e carne e queijo.
Para o recheio de queijo usamos uma mistura de mussarela picada, com parmesão fresco ralado grosso  e orégano.



E esse foi o resultado dos pastéis!
Ficaram muito saborosos, crocantes e sequinhos. O de carne com queijo ficou especialmente bom, digno de matar a vontade mesmo...
Para melhorar ainda mais teríamos que fazer ainda mais fino, mas por sermos principiantes ficou ótimo.
E vocês o que acharam? Mande a sua opinião! 
Tentou fazer? Tem outra receitinha? Entrem em contato comigo.
Um grande beijo e bom final de semana!

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Cookies Integrais Jasmine

Olá pessoal!
Hoje experimentei um cookie delicioso.
Meu noivo trouxe pra mim de Goiânia, comprou na Mundo Verde.
É integral (laranja e mel), com soja, arroz e milho.
Acabei de experimentar e quis dividir com vocês porque normalmente não gosto desses biscoitos industrializados, acho enjoativo e esfarelento, mas esse eu aprovei!
Deixo o link para você conferir: Jasmine .
Para quem tem lojas especializadas por perto, vale a pena conferir, para quem não tem essa sorte vou procurar uma receitinha de cookie e fazer em casa, ok?
Beijos.

domingo, 24 de outubro de 2010

EMPANADO??? PÓÓÓÓÓDE!!!

Olá, bom dia!
Ontem cheguei em casa para almoçar e a Fran, nossa ajudante, tinha feito um filé de merluza empanado!
Em casa fico muito tranquila, porque ela sabe de tudo que posso e não posso comer, alías há muito tempo não entra farinha de trigo ou de rosca em casa.
Tirando o pecado das calorias da fritura, aiaiaiai.... Estava divino!
Mame teve a idéia de empanar com a farinha de mandioca e a Fran aperfeiçoou, vou dar o pulo do gato:
Ela temperou o filé de merluza com sal e limão;
Passou no ovo batido;
Passou na farinha de arroz;
Novamente no ovo;
E passou na farinha de mandioca peneirada.
Fritou em óleo quente....Veja o resultado:



Uma versão bem mais light de empanados e não menos saborosa, é assá-lo no forno. Fica torradinho também, basta deixar o tempo certo de dourar e virar para fazer o mesmo do outro lado.
Vou ficando por aqui, aliás preciso correr uns 10 km depois desse almocinho, hahhah.
Beijos e até o próximo!



sexta-feira, 22 de outubro de 2010

TIRANDO DÚVIDAS EM FAST FOOD.

Bom dia!
Hoje é sexta-feira, melhor dia da semana na minha opinião (e na do Garfield), hehehe....
Aos finais de semana aproveitamos para fazer refeições fora não é mesmo? Mas claro, sem nunca descuidar das informações nutricionais dos alimentos, de olho no "Contém ou não Contém Glúten"!

Uma das minhas opções preferidas pra um lanche no shopping é a batata recheada, e recentemente chegada em Palmas.
Fui comer na Roasted Potato, quando olhei a aparência dos molhos fiquei desconfiada e chamei a cozinheira, (ah não me preocupo em pagar um miquinho pela minha saúde!), ela confirmou, nos molhos brancos tem farinha de trigo, e nos vermelhos amido de milho. Entrei em contato com a empresa e eles prontamente me responderam.
Deixo também aqui o link , TABELA NUTRIONAL GIRAFFAS atualizada em Janeiro desse ano, em cada prato você pode conferir a tabela nutricional de cada um e uma geral que indica se contém ou não glúten. Tomem cuidado com as saladas que levam croutons. 

 REPOSTA DA ROASTED POTATO:

Agradecemos seu contato com a Roasted Potato.
Informamos que em breve teremos disponível aos nossos clientes em todas as lojas da rede, uma tabela que dentre outras informações sobre as batatas indicará qual delas Contém Glúten. Enquanto essa tabela não chega as lojas posso te informar por e-mail mesmo quais são elas, conforme segue abaixo: 
Dentre as 25 sugestões do cardápio as que contém glúten são: 
Sugestão nº 2 (Frango ao creme branco + Provolone + Batata Palha)
Sugestão nº 11  (Franco ao creme branco + Bacon)
Sugestão nº 13 (Creme de Milho / Creme de Palmito / Creme Funghi e Creme de Tomate Seco)
Sugestão nº 17 (Strogonoff de Frango + Champignon)
Sugestão nº 20 (Vegetariano com brócolis)
Sugestão nº 22 (Creme de Tomate Seco + salada de rúcula + tomate seco + mussarela de búfala)
Os recheios principais que contém glúten - Frango ao creme branco, creme de milho, creme de palmito, creme de tomate seco, creme funghi, strogonoff de frango e vegetariano com brócolis.
A sobremesa de waffle de batata também contém glúten.
Esperamos ter esclarecido suas dúvidas e estamos a disposição.
Agradecemos novamente seu contato.
Atenciosamente.
Roasted Potato Franchising 
Se vocês tiverem tabelas de outras empresas passem para meu e-mail (josi.buzachi@gmail.com), divulgaremos aqui e assim ampliaremos as opções de refeições fora de casa, em paz com a consciência  e dentro dos nossos limites!
Um beijo grande e ótimo fim de semana.

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Sumiço...

Olá leitores...
Estou aqui para me desculpar pelo sumiço!
Estou pesquisando receitas com ingredientes diferentes para postar em breve...
Mas não é por isso que vocês precisam ficar tão quietinhos, cadê os comentários?
Vamos lá, comentem , perguntem, vocês fazem parte deste Blog :)!
Enquanto isso, sigam-me no Twitter, e mandem e-mail também: josi.buzachi@gmail.com.
Beijos e até breve.

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

NOITE MEXICANA... TACO SEM GLÚTEN!!!!!

Boa noite pessoal!
Hoje promovi uma noite mexicana em casa!
Arriiiiibaaa!!!!
Gente, muitos dos meus leitores moram em grandes metrópoles, mas quem mora em lugares afastados como eu sabem a felicidade de encontrar produtos sem glúten em gôndola de supermercado!!!
Temos em Palmas recentemente Supermercados como Extra, Atacadão e Makro, o que proporciona a nós," intolerantes", uma gama bem maior opções.
Todo esse discurso é para justificar a minha alegria ao encontrar tacos no supermercado, e descobrir que são feitos com farinha de milho e que não contém glúten!!!!!!




Vou contar como fiz:
INGREDIENTES:

1 tomate picado;
1 cebola;
Azeitonas;
Sal a gosto;
1 envelope de tempero preparado para taco;
500 g de carne moída;

Molho tipo Guacamole:
Meio abacate;
1 pote de iogurte natural;
1 dente de alho;
1 pitada de sal;

Saladinha de alface picada com cenoura ralada.

Frite a carne já temperada com sal, acrescente a cebola, azeitonas picadas, o tomate. Refogue uns minutos e acrescente o preparado, misture bem e reserve.

No liquidificador bata o iogurte com o abacate, o alho e o sal até que vire uma pasta homogênea.
(Eu gosto muito de alho, então usei 2 dentes.)

Aqueça os tacos no forno por mais ou menos 10 minutos.


Depois é só montar de acordo com sua vontade!!!!


Foi uma noite muito divertida, só faltou a tequila, mas a gente substituiu por vinho branco, hahaha.
Gente espero que não se assustem com meu deslumbramento, mas depois que vim morar em Palmas comecei a dar valor às pequenas coisas.
Beijos e boa noite!

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Lasanha sem glúten... De panqueca!!!!

Olá!
Tenho que confessar uma coisa, meu prato preferido sempre foi LASAANHA!
Eu e o Garfield temos algumas coisas em comum, rsrsrs...
Mamy sabendo disso se arriscou a fazer o prato usando panquecas no lugar da massa... Fico sem palavras para descrever o quanto ficou bom!
Experimente....

Massa de panqueca:
Sempre faço a panqueca a olho, vou testando e acrescentado leite ou farinha, mas é mais ou menos assim:

INGREDIENTES:
1 xícara de farinha de arroz;
1/2 xícara de polvilho doce;
A ponta de colher de café de CMC (se ainda não conhece, clique aqui.)
1 colher rasa de café de fermento;
1 xícara de leite desnatado;
2 ovos;
Sal a gosto.
Bata tudo no liquidificador e frite as panquecas. Reserve.
300 g de mussarela;
200g de presunto;
Fazer os molhos a gosto, o nosso foi o molho branco e o de tomate ao sugo.
O molho branco da minha mãe é com cebola batidinha ou ralada e o toque da noz moscada, acho perfeito!
Aqui vai uma sugestão de molho branco e de molho ao sugo.
Depois é só montar a lasanha, começando com o molho vermelho numa refratária, e ir alternando a massa, com mussarela e presunto e os molhos.
Não precisa papel alumínio para colocar no forno, visto que, não precisamos cozinhar a massa.
O resultado você confere nas fotos:


 Saindo do forno, muito quente e derretendo... Delícia!

É ou não é de dar água na boca?
A maior diferença entre a lasanha com glúten é que fica muito mais leve.
Beijos e até a próxima.

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

QUIBE SEM GLÚTEN (COM PROTEÍNA DE SOJA) FRITINHO

postei aqui um Quibe Assado com proteína de soja, que você confere a receita aqui , deu muito certo!
Mas não sabia se daria para fritar, então repeti a experiência e fotografei para compartilhar no Blog. Houve apenas uma alteração, a proteína de soja que usei dessa vez era bem mais fininha, nem precisei passar no processador.
Abaixo as fotos:
Os quibes crus, com bastante temperinhos.
Aqui a festa pronta!
Em detalhe, os quibes fritaram inteirinhos, ficaram com a casquinha crocante e o interior macio. Fiz uns recheados com queijo, mas esses abriram na fritura.
Hummm que pecado, ah uma friturinha de vez em quando não há de fazer tão mal assim né?
Beijos.