quinta-feira, 15 de julho de 2010

TORTA DE MORANGO DA MAMÃE - SEM GLÚTEN!

Época de morangos, humm...
Se fui celíaca nem me lembro!
Rsrsrs... Ao comer essa torta qualquer esquece que existem limitações!
Peço desculpas pela qualidade das fotos, tive que usar o celular... Mas tirei mais algumas que complementarei o post mais tarde com mais cor e realidade, rs.
Divirtam-se!


MASSA:
3 colheres (sopa) de açúcar;
1 colher de fermento em pó;
1 colher (café) de sal;
1 ovo;
2 colheres (sopa) de margarina.


Farinha preparada:
4 xícaras de farinha de arroz;
1 xícara de maisena;
1 xícara de araruta;
3 colheres (chá) rasas de CMC;
Misture tudo e guarde em pote tampado.


Misture os ingredientes da massa e vá adicionando a farinha até atingir o ponto de massa podre, sem grudar nas mãos e bem moldável. 


Usei cerca de 1 xícara e meia da farinha preparada.


Em seguida espalhe a massa em uma assadeira moldando todo o fundo espalhando bem para formar uma camada fina, usei um copo para auxiliar. 




Cuide para que as bordas fiquem mais altas para segurar o recheio.






Asse em forno pré-aquecido.






CREME:
1 colher de margarina;
3 colheres (sopa) de açúcar;
3 gemas;
1 copo de leite;
1 colher de maisena.
Leve ao fogo até dar ponto de creme e espalhe sobre a massa ainda quente.






Arrume sobre o creme a fruta que desejar, a minha foi uma caixa e meia de morangos fatiados.




CALDA:
Coloque 1 xícara de açúcar no fogo até queimar, quando dissolver acrescente uma xícara de água e deixe derreter. Quando estiver totalmente líquido, acrescente mais uma xícara de água com uma colher de maisena dissolvida. Mexa até dar ponto. Fica com ponto de fio e bem transparente. 








Despeje sobre os morangos e coloque para gelar.






A calda é tão vistosa que reflete!


Uma outra versão deliciosa dessa torta é com maçãs.
Beijos.

10 comentários:

  1. Nossa!!!! Coloquei na comunidade....eu quero!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Oi, Josi. Também sou celíaca. Descobri no início deste ano. Tenho anemia a dez anos, tinha episódios de diarréia alternados com constipação e flatulência. Faço tratamento para depressão a 2 anos. Fiquei feliz em descobrir o que me causava tanto sofrimento, mas não é fácil né!! Quando aparece aquele convite para ir a pizzaria, vc tem que explicar toda a história, o que é glúten, por que vc não pode comer pizzas feita com trigo etc. A gente fica se sentindo um et. No começo é difícil mesmo. Mas quando meu médico disse que eu seguir a dieta corretamente não haverá problemas de saúde sem solução eu fico muito agradecida a Deus.
    Infelizmente existem muitas pessoas que sofrem a vida inteira sem ter o diagnóstico correto. Por isso precisamos divulgar e orientar quem a gente puder.
    Seja feliz, pois vc merece!!!

    ResponderExcluir
  3. Luciana... Antes de tudo muito obrigada pelo seu depoimento, sinto uma alegria enorme quando vejo que posso de alguma forma ajudar as pessoas que sofrem com transtornos alimentares.
    A doença passa a mudar sim nossos hábitos e até amizades. Mas devemos usar sempre para nosso crescimento não é mesmo?
    Espero tê-la sempre por aqui contribuindo para o desenvolvimento do blog. Obrigada.

    ResponderExcluir
  4. Olá, Josi!
    Parabéns pela iniciativa de criar o blog e compartilhar sua experiência com a doença Celíaca.
    Te seguindo!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Olá Josi!
    Parabéns pela receita maravilhosa!
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Obrigada Gilda! Espero que faça e goste! Beijos.

    ResponderExcluir
  7. ola josi eu tambem sou josi,nao sou celiaca mas tenho uma cunhada que é,e seu filhinho nasceu tambem celiaco entao em nossa familia procuramos comprar coisas sem glutem e isso ja virou mania,e muito bom aber que temos um site com receitas tao boas,para variarmos.bjos curitiba -pr

    ResponderExcluir
  8. Oi Josi! Na minha família também é assim, todos se mobilizam para que eu possa comer sem restrições, isso é exemplo de amor! Parabéns pela iniciativa e volte sempre que precisar. Beijos.

    ResponderExcluir
  9. olá josi! td bem?
    adorei essa torta,por favor quais outras farinhas posso usar no lugar da araruta?
    muito obrigada.
    ALINE

    ResponderExcluir
  10. Aline, a torta é deliciosa mesmo!
    Você pode usar o polvilho doce.
    Beijos.

    ResponderExcluir

O seu comentário é importante para mim!
Entre em contato também pelo e-mail: josi.buzachi@gmail.com.