segunda-feira, 29 de março de 2010

MINI TORTINHAS SEM GLÚTEN


Olá pessoal!
Peço desculpas pela demora do post mas ando meio atarantada.
Mas ainda faço uma experiência ou outra.
Aí vai uma delas!



INGREDIENTES :
Massa:
1 xícara de farinha sem glúten;
1 xícara de farinha de arroz;
4 colheres cheias de quinua em flocos;
2 ovos;
2 ½ colheres de margarina light;
1 colher (sopa) de cachaça;
1 colher (café) rasa de fermento em pó;
1 colher (café) rasa de sal;

Recheio:
Presunto fatiado;
Mussarela fatiada;
1 tomate (sem semente) ficado bem fininho.
½ cebola ralada em ralo grosso;
Sal a gosto;
Requeijão light;
Ervas finas;
Orégano;
Rale a cebola, misture o presunto picado, a mussarela, o tomate e tempere com sal e ervas finas.

MODO DE PREPARO:
Em uma bacia misture as farinhas o fermento e a margarina, até que vire uma farofa, acrescente os ovos, a cachaça e o sal e vá amassando com as mãos até que vire uma massa homogênea e que não grude nas mãos.
Faça uma bola, envolva com filme plástico e deixe na geladeira por 15 minutos.
Retire a massa e separe uma bolinha preencha uma forminha para empada untada com óleo.
Coloque o recheio e cubra com um pouco de requeijão light e salpique orégano.
Ponha no formo quente por mais ou menos 20 minutos, até que fiquem douradas. 
Retire das forminhas e sirva.


A massa é muito versátil e aceita o recheio que sua imaginação mandar, o da foto acima é de frango coberto com mussarela. Uma delícia!
Beijos e até o próximo post.





domingo, 14 de março de 2010

Bolinhos Assados recheados com bacalhau

Olá! Aí vem mais uma opção para as sobras de arroz!
Bolinhos chiques de arroz, rsrs... Sem frituras e de preparo rápido.
O recheio do meu já estava pronto, e a massa é tão versátil que você pode usar a imaginação e usar o que tiver na geladeira para rechear.
Espero que gostem!

INGREDIENTES:
Massa:
1 ½ xícara de arroz cozido, passado no processador;
½ xícara de queijo ralado (meia cura);
3 colheres (sopa) de leite;
1 ovo;
1 colher (café) de fermento;
Cheiro verde a gosto;
Farinha sem glúten até dar ponto de enrolar.

Misturar todos os ingredientes e amassar até que dê o ponto de enrolar, não usei sal, porque já tinha no arroz, no queijo e sem dúvida no recheio.

Recheio: 

Bacalhau desfiado;
Cabola;
Alho;
Azeitonas;
Tomates;
Palmito;

Fazer o refogado como de costume, fritar o alho e a cebola, acrescentar o bacalhau desfiado.
Colocar o tomate picado, as azeitonas picadas, o palmito, cheiro verde e temperos a gosto.
Se preferir pode usar molho pronto, mas tem que apurar bem, para não ficar com muita água, o que dificulta na hora de rechear.

Fazer a bolinha do tamanho desejado, fazer um furo no meio e rechear, fechar com cuidado enrolando a bolinha e por em assadeira untada e enfarinhada.

A receita rendeu 15 bolinhos.
Colocar em forno pré aquecido e assar por mais ou menos 30 minutos, observe que os bolinhos ficam dourados.
E pronto! 

















Ficaram sequinhos e um excelente aperitivo, além de ser bem mais light que bolinhos fritos ;)


O recheio pode ser de sua preferência, queijo deve ficar muito bom também.
Beijos e bom apetite, esses aí não sobraram nem para contar história!!!! 

sábado, 13 de março de 2010

Bolo de arroz

Olá! O post de hoje é de um bolo muito típico aqui do Tocantins, vendem até na feira.
Quando mudei para Palmas ouvia muito falar desse bolo, e depois que descobri a intolerância ao glúten, me interessei mais ainda... O que eu não imaginava era que era tão fácil de fazer!
E aí vai a receita, espero que gostem!!!

INGREDIENTES:
2 xícaras de arroz;
2 xícaras de leite;
¾ de xícara de óleo;
3 ovos;
1 xícara de açúcar;
1 xícara de queijo ralado;
1 colher (sopa) de fermento em pó.

PREPARO:
Colocar o arroz de molho no leite por pelo menos 12 horas.
Depois aquecer um pouco no micro para ficar à temperatura ambiente e bater no liquidificador com o óleo.


Na batedeira bater: As claras em neve e reservar.
Bater as gemas com o açúcar por aproximadamente 5 minutos.
Acrescentar o queijo ralado e a massa do liquidificador bater até ficar homogêneo.

Misturar as claras em neve, levemente e polvilhar o fermento, misturando bem.
Assar em forma redonda com furo no meio, untada e enfarinhada com farinha de arroz.



O bolo fica grandão, bem branquinho e fofinho.
O queijo que uso é o meia cura ralado, que é mais light que o parmesão.
A batedeira pode ser substituída pelo multi processador, foi como fiz, mas se quiser pode bater no liquidificador que dá certo também.

terça-feira, 9 de março de 2010

E para quem gostou da torta de arroz... Rocambole Salgado é a mesma massa!

Olá leitores e seguidores!
Sim, a lista está aumentando e estou muito feliz!
Estive sem tempo esses dias, por isso peço desculpas pelo atraso no post de novas receitas.
Esse rocambole ficou divino, porém não muito bonito, hehehe... Não ia postar, mas ficou tão saboroso que acho que devo dividir. Afinal não só as receitas perfeitas que devem ir para o blog não é mesmo? Quantas vezes  parece que tá tudo errado e no final o efeito até que é bom?
Foi o que houve aqui, rs... Para quem tem crianças é ótimo porque fica muito vistoso!
Bem também sei o que pode ter dado "errado" então vou explicando ao longo da receita!
Espero que gostem e que faça tanto sucesso quanto a torta.
Beijos e até a próxima.


Na massa vou pular os ingredientes e modo de fazer, pois é a mesma massa da torta de arroz, no post "Inaugurando".


Tenho uma foto da massa antes de assar:

Recheio:
Peito de frango desfiado;
Azeitonas picadas;
Palmitos;
Ervilhas frescas;
Um fio de óleo;
Alho e cebola;
Molho de tomate;
Cheiro verde.

Modo de Preparo:
Fritar o alho e cebola refogar o frango com os ingredientes, acrescentar o molho e o cheiro verde por último, deixar bem apurado,sem muita água. Deixar esfriar.


A massa:
Preparar a massa com as sobras de arroz (vide post inaugurando) e por para assar.
A assadeira deve ser retangular e grande, pois a que usei tinha 35cm por 22cm e acho que ficou meio grossa.
O tempo de forno é de 20 a 25 minutos.
Ao invés de untar e enfarinhar a assadeira, coloquei papel manteiga untado, para facilitar na hora de desenformar.
Desenformar a massa e deixar alguns minutos sobre um pano úmido, isso é importante pois evita que a massa rache, e foi isso que aconteceu com o meu, deu uma rachadinha superficial.
Espalhar mais ou menos 3 colheres de sopa de maionese sobre a massa e distribuir o recheio por cima, como na foto:

Depois é só enrolar no sentido do comprimento, puxando com o pano.
Sirva em fatias, fica bem molhadinho, um ótimo lanche!



quarta-feira, 3 de março de 2010

Broa de fubá da Olga

Essa receita foi adaptada por uma pessoa muito especial... Minha sogra!
Ela substituiu a farinha de trigo pela de arroz para que eu pudesse saborear essa delícia.
Agradeço muito a ela e ao meu cunhadinho Rogério que quando vou passear por lá sempre tornam minha estadia mais saborosa com suas receitas.
Essas da foto eu fiz hoje e acho que qualquer pessoa, celíaco ou não, vai adorar!



INGREDIENTES:
1 ½ xícara de água;
1 xícara de leite;
½ xícara de óleo;
½ xícara de açúcar;
1 xícara de fubá ou creme de milho;
1 xícara de farinha de arroz;
½ xícara de polvilho;
1 colher rasa (café) de fermento;
1 pitada de sal;
4 ovos.

PREPARO:
Ferva o leite com a água, o óleo, o sal e o açúcar.
Ponha em seguida a farinha de arroz com o fubá e cozinhe até soltar da panela.

Despeje em uma vasilha e após esfriar um pouco misture o polvilho com o fermento e vá amassando com os ovos (batidos), amasse até que a massa fique uniforme e caia das mãos.

Para enrolar, coloque uma colherada da massa em uma xícara com um pouco de fubá e gire a xícara até que forme a bolinha, tirei uma foto para demonstrar, rs.

  • OBS: Faço sempre com um pouco menos que a medida de açúcar pois uso o cristal e ele adoça mais, ao colocar as farinhas na água abaixe o fogo e coloque aos poucos porque engrossa de uma vez e precisa força pra mexer.
  • As bolinhas podem ser congeladas e depois colocadas para assar direto no forno pré aquecido.
Abaixo a broinha aberta, você pode rechear com manteiga, requeijão ou purinha mesmo é muito gostosa!



Quinoa Real - Excelente Descoberta!


Sempre uso quinua em minhas receitas, além de comer com granola, bater em vitaminas, enfim é uma opção saudável e sem glúten que podemos acrescentar à nossa dieta. Abaixo postei um texto sobre a quinua para quem não conhece.

A QUINUA REAL (Quinoa), cereal sagrado dos Incas.
Qualificada como o melhor alimento de origem vegetal para consumo humano, pela Academia de Ciências dos Estados Unidos e selecionada pela Nasa para integrar a dieta dos Astronautas em vôos espaciais de longa duração, por seu extraordinário valor nutritivo.

Pesquisadores que vem estudando a QUINUA REAL, nas ultimas décadas, constataram, que seu valor nutritivo - só comparado ao leite materno - a converte no alimento mais completo do planeta, muito superior aos de origem animal, como a carne, o leite, os ovos e o peixe.
A quinua real é um excelente ingrediente para massas e bolos, dá uma consistência porosa na massa e o gosto é muito suave.
No mercado há quinua em grãos, farinha e flocos (que é a que mais gosto).
Para mais informações deixarei o link da marca que costumo comprar, e melhor essa já tem em Palmas, aleluia!

Espero que tenha sido útil!
Beijos e até a próxima.

terça-feira, 2 de março de 2010

Tudo acaba em Pizza!

E para quem achou que celíaco não come pizza!!!!

INGREDIENTES:


1 ½ xícara de farinha sem glúten;

1 xícara de farinha de arroz;

2 colheres (sopa) de linhaça;

2 colheres (sopa) de quinoa em flocos;

2 ovos;

1 xícara de leite;

1 colher (sopa) de fermento;




3 colheres (sopa) de óleo;


Sal a gosto.

Obs: A farinha sem glúten pode ser substituída  por uma xícara de maisena e meia de polvilho azedo.

PREPARO:

Misturar com uma colher o óleo com os ovos e aos poucos as farinhas com o sal, acrescente o leite até formar uma massa pegajosa. Coloque o fermento e ponha para assar em forma untada e enfarinhada por mais ou menos 10 a 15 min. 


Observe na foto a aparência da massa assada, fica meio rachadinha e porosa, mas estando bem assada é de fácil manuseio.
Depois vire a massa, sem preferir e ponha molho de tomate e recheio de sua preferência, a minha foi com muzzarela, champignon, palmito, tomate e cebola. Agora é só voltar ao forno para derreter o queijo e se deliciar!




Não medi o diâmetro dessa forma, mas a massa rende para uma pizza grande.

E esse é o perfil da nossa pizza!

Beijos e até a próxima!!!