quinta-feira, 15 de julho de 2010

TORTA DE MORANGO DA MAMÃE - SEM GLÚTEN!

Época de morangos, humm...
Se fui celíaca nem me lembro!
Rsrsrs... Ao comer essa torta qualquer esquece que existem limitações!
Peço desculpas pela qualidade das fotos, tive que usar o celular... Mas tirei mais algumas que complementarei o post mais tarde com mais cor e realidade, rs.
Divirtam-se!


MASSA:
3 colheres (sopa) de açúcar;
1 colher de fermento em pó;
1 colher (café) de sal;
1 ovo;
2 colheres (sopa) de margarina.


Farinha preparada:
4 xícaras de farinha de arroz;
1 xícara de maisena;
1 xícara de araruta;
3 colheres (chá) rasas de CMC;
Misture tudo e guarde em pote tampado.


Misture os ingredientes da massa e vá adicionando a farinha até atingir o ponto de massa podre, sem grudar nas mãos e bem moldável. 


Usei cerca de 1 xícara e meia da farinha preparada.


Em seguida espalhe a massa em uma assadeira moldando todo o fundo espalhando bem para formar uma camada fina, usei um copo para auxiliar. 




Cuide para que as bordas fiquem mais altas para segurar o recheio.






Asse em forno pré-aquecido.






CREME:
1 colher de margarina;
3 colheres (sopa) de açúcar;
3 gemas;
1 copo de leite;
1 colher de maisena.
Leve ao fogo até dar ponto de creme e espalhe sobre a massa ainda quente.






Arrume sobre o creme a fruta que desejar, a minha foi uma caixa e meia de morangos fatiados.




CALDA:
Coloque 1 xícara de açúcar no fogo até queimar, quando dissolver acrescente uma xícara de água e deixe derreter. Quando estiver totalmente líquido, acrescente mais uma xícara de água com uma colher de maisena dissolvida. Mexa até dar ponto. Fica com ponto de fio e bem transparente. 








Despeje sobre os morangos e coloque para gelar.






A calda é tão vistosa que reflete!


Uma outra versão deliciosa dessa torta é com maçãs.
Beijos.

sexta-feira, 9 de julho de 2010

TORTA DE FRANGO SEM GLÚTEN E SEM LACTOSE - ESTILO MASSA PODRE

Bom dia! Hoje estou com um post muito bom! Essa torta ficou deliciosa e vale muito a pena.
Lembrou um pouco a que meu cunhadinho fez para mim uma vez, a dele achei ainda melhor. Ah! Quando alguém faz para a gente tem um sabor especial né? Mas essa eu amei, e vale a pena experimentar.!
Segue a receita:




MASSA:
INGREDIENTES:
200 g de farinha de arroz;
5 colheres cheias de amido de milho;
3 colheres cheias de polvilho doce;
2 ovos;
4 colheres cheias de margarina (sem lactose);
1 colher de chá de CMC;
1 pitada de sal;
1 colher de chá rasa de fermento em pó;
8 colheres de água gelada, ou vai acrescentando até dar ponto de enrolar.


MODO DE PREPARO:
Misture todos os ingredientes  e vá amassando com as mãos, até obter uma massa homogênea e moldável, não deve grudar na mão.
Obs: Misturei tudo e acrescentei água na medida que misturava até obter o ponto.
Caso fique mole, vá acrescentando amido de milho aos poucos.


Envolva a massa em um filme plástico e coloque na geladeira por aproximadamente 20 minutos.


RECHEIO: 
INGREDIENTES:
1/2 Peito de frango desfiado;
3 tomates maduros;
1/2 cebola;
1 dente de alho;
Palmito;
Ervilha fresca;
Azeitonas picadas;
2 colheres (de sopa) de massa de tomate;
Cheiro verde;
Sal;


MODO DE PREPRARO:
Frite o alho e a cebola, acrescente o frango, deixe dar uma refogada e vá acrescentando os outros ingredientes. Deixe o molho apurar e esfriar um pouco antes de por na torta. Normalmente coloco uma colher de chá de amido de milho misturado em meio copo de água para engrossar o recheio, dessa vez não fiz, mas é melhor para o recheio não sorar na torta.
Molhos sempre são do gosto de cada um, eu faço recheios com o que tem na geladeira e coloco tudo meio "a olho".
Mas é mais ou menos assim!
Depois de resfriada retire a massa da geladeira e em assadeira untada e enfarinhada vá moldando a massa. Se preferir abrir com rolo antes, mas acho difícil de manusear, fui empurrando os excessos para o canto, deixando uma camada fina, veja a foto.





A cor diferente foi apenas efeito de luz ao bater as fotos.
Despeje o recheio na torta:


Os intolerantes à lactose me perdoeem! 
Amo queijo e creme de leite! Joguei por cima com fatias de mussarela!


Para finalizar queria aquela cobertura de torta americana de filme sabe? Mas como vocês conhecem bem a massa sem glúten, não consegui fazer inteira, uniforme e sem quebrar, então minha mãe deu a idéia de fazer em fatias, achei bem legal e bonito.


Alguns minutos no forno pré- aquecido e pronto!
Espetei um garfo para conferir se estava assada, apesar de que já estava bem coradinha.


Retiramos os pedaços com a torta ainda muito quente, então ela quebrou um pouco, mas um pouquinho mais fria e os pedaços saíram perfeitos. Com o cheiro que estava e a fome, ninguém esperou esfriar, rs.
Obs: o recheio sorou um pouco, mas não comprometeu a estrutura da massa.



Modéstia à parte, ficou maravilhosa!
Recomendo para fugir um pouco da torta de liquidificador, e não achei trabalhosa para fazer.
A massa pode ser usada para torta doce também, humm acho que será o próximo post!
Beijos e até a próxima.

quarta-feira, 7 de julho de 2010

Glúten Free Brasil

Em São Paulo dia 24/07/2010 o 1° Glúten Free Brasil.
Um dia inteiro de novidades, palestras especializadas, alimentação isenta de glúten e mais...
Confira no site essa grande oportunidade!
http://glutenfreebrasil.com/