terça-feira, 30 de agosto de 2011

QUICHE DE FRANGO COM ESPINAFRE

Olá queridos! Você celíaco, conhece aquela vontade de comer uma coisa que só tem  em  confeitarias, ou lojas cheeias de delícias (e de glúten)? Aquela coisa beem gostosa? 
Então, amanheci assim no sábado... 
Como não posso sair e encomendar uma torta vasculhei a net à procura de algo especial e encontrei essa receita no blog da Leila.
Para ser sincera, não havia experimentado muitas quiches, nem quando podia (ou achava que podia) comer glúten e me surpreendi com o sabor e a leveza do recheio, apesar de não ser muito light.
Segue a receita:


Faça a Mistura de Farinha sem glúten:
1 xícara de farinha de arroz;
1 ½ xícara de maizena;
 1 ½ xic de polvilho doce;
½ xícara de farinha de soja.
Misture bem todos os ingredientes e coloque num recipiente fechado. Ou use outra mistura que pode encontrar aqui.

INGREDIENTES:
Massa:
2 xícaras de mistura farinha sem glúten;
Pitada de sal;
1/2 xícara de manteiga;
 1 ovo grande, batido;
 1 a 2 colheres de sopa de água gelada.
*Não usei CMC nem goma xantana, mas usaria uma pontinha de colher, apenas para manusear melhor a massa.

Recheio:
300 g de peito de frango desfiado;
1 cebola pequena;
2 dentes de alho;
3 colheres de alcaparras;
100 g de queijo gruyere;
1 caixa de creme de leite;
Folhas de espinafre (um punhado);
3 fatias grossas de bacon;
Sal a gosto;
Ervas finas desidratadas;
1 colher de sopa de azeite;
1 colher de sopa de manteiga;
3 ovos.

MODO DE PREPARO:

Massa:
Coloque a farinha e uma pitada de sal em uma tigela grande. Acrescente a manteiga e amasse até a mistura parecer uma farofa.
Junte o ovo e 1 colher de água (ou 2 se precisar) e amasse até formar uma massa macia.
Amasse bem e enrole em seguida num plástico e leve a geladeira por 30 minutos.
A massa fica homogênea, leve e não gruda nas mãos.


Enquanto isso prepare o recheio:
Recheio:
Refogue o espinafre com uma colher de azeite, duas colheres de cebola e alho picados, rapidamente até as folhas murcharem um pouco e reserve.
Derreta uma colher de manteiga e frite o bacon, junte a cebola e o alho.
Junte o frango desfiado e refogue um pouco. 
Acrescente as alcaparras, tempere com sal.
Com um batedor de ovos bata os 3 ovos, acrescente o creme de leite, o queijo gruyere ralado e as ervas finas.



Pré-aqueça o forno para 180C.
Retire a massa da geladeira e abra a massa com o auxílio do rolo numa superfície coberta com filme plástico.  
Com o plástico, coloque a massa nas laterais e no fundo de uma forma de fundo removível .
Com um garfo, fure bem a base da massa.


Cubra a massa com um pedaço de papel manteiga ou alumínio e espalhe um pouco de feijão para evitar que a massa cresça.
Asse durante 10 minutos em temperatura média.
Retire a massa do forno.

Espalhe a mistura do frango sobre a massa, espalhe as folhas de espinafre e finalize com o creme de ovos e queijo e ponha no forno por 40 min, ou até que fique dourado.

E aí está o resultado! A forma de fundo removível é importante porque a massa é bem sensível e quebradiça, é bom esperar esfriar um pouqiunho antes de servir!
Beijos e até a próxima!




















segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Carinho dos leitores!

Acho muito gratificante quando recebo comentários e e-mails como o da Suely que publico a seguir.
Ela fez a focaccia, que é uma receita da Cláudia Marcelino que publiquei há pouco tempo e realmente é uma delícia! 


Querida!
Ja sou sua seguidora pois compartilho com vc a intolerância ao glúten....adorei encontrar o seu blog pois vc parece especializada em massas....fiz nesta semana a Focaccia e ficou uma beleza e uma gostosura...estou mandando uma fotinho que tirei antes dela acabar...
Tenho um blog onde posto alem de minhas arte as receitas que desenvolvo....ficaria feliz em te-la como minha seguidora
Com certeza vou estar sempre acompanhando e experimentando suas receitas
Beijinho
Suely
Obs: a foto nao ficou la estas coisas......mas o sabor foi para matar saudades.....
 
 
Acho que a qualidade da foto não impede de ver  o quanto ficou gostosa!
É ou não é para se encher de orgulho?
Muito obrigada pela participação Suely! Beijos.

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

TABULE DE QUINOA E TRIGO SARRACENO - SEM GLÚTEN

Bom dia! 
Ontem, dia dos pais, eu e minha família passamos o dia todo grudados no nosso Papi! 
Fizemos o programinha que  ele mais gosta, um churras no clube depois do futebol,  aproveitando o lindo dia de sol.
Para acompanhar o churrasquinho resovi testar a receita de tabule de quinoa, e incrementei com o Trigo Sarraceno.


O Trigo Sarraceno (Fagopyrum esculentum) é uma planta da família Polygonaceae. Apesar do nome, é diferente do trigo (Triticum spp) que é uma gramínea; o trigo sarraceno não contém glúten, assim pode ser consumido por celíacos, .
Os grãos do trigo sarraceno muito utilizados na cozinha polaca, russa e judaica, o trigo sarraceno é usado para fazer uma papa, chamada kacha. Na cozinha bretã a farinha do trigo sarraceno faz parte da massa dos crepes. Na cozinha japonesa, o trigo sarraceno é chamada de sobá e é largamente usado no dia-a-dia pelos japoneses.
A receita:

INGREDIENTES:

3 tomates (sem sementes cortados em cubinhos);
1 pepino (sem sementes cortado em cubinhos);
1 cebola (cortado em cubinhos);
Suco de 1 limão grande;
1 xícara de quinoa crua;
1/2 xícara de trigo sarraceno crú;
Cheiro verde a gosto;
Folhas de manjericão (adaptei, pois não tinha hortelã);
Sal a gosto;
Azeite;
Pimenta do reino ou síria (opcional).

MODO DE PREPARO:

Cozinhe a quinoa em água suficiente que fique uns dois dedos acima dos grãos;
Separadamente cozinhe o trigo sarraceno, os dois levam mais ou menos 20 minutos (a água do trigo vai ficando grossa, com uma goma). 
Escorra os grãos e reserve;
Misture o tomate, o pepino, a cebola com os grãos e tempere com o limão, sal, pimenta, azeite e acrescente o cheiro verde e as folhas de manjericão ou hortelã.

                        
Os grãos de quinoa e trigo sarraceno são bem neutros não são amargos e tem um sabor muito especial,  o tabule ficou bem suave.

Há quem diga que fica melhor do que a receita original! Será que foi me pra agradar??? Se foi eu gostei mesmo assim!!!
Beijos até a próxima!


sexta-feira, 12 de agosto de 2011

PÃO SEM GLÚTEN - PÃO DE LEITE DA RITA

Olá, o facebook está bombando mesmo, eu que prometi não me inscrever em nenhuma rede social mais, já me rendi!
O negócio é que ontem no grupo VIVA SEM GLUTEN , o Jorge Rezende, membro do grupo, publicou um pão que eu já conhecia a receita mas não tinha me arriscado.


A receita é da Rita, que já comentei aqui da comunidade do Orkut COZINHANDO SEM GLÚTEN, inclusive já fiz aqui o ENROLADO RECHEADO dela que ficou uma delícia!
Bem, experimentei a receita, minha resistência ao testá-la foi o modo de fazer, é com um grude, que com o perdão da palavra é BIZARRO, hahaha.
O resultado foi muito bom, acho que devo substituir o fubá de arroz pela farinha mais fina para que a massa cresca melhor. Pretendo fazer novamente e postar fotos melhores, mas ainda assim achei interessante publicar.
A receita:

INGREDIENTES E MODO DE PREPARO:

1 1/2 xicara de polvilho doce;
1 1/2 xicara leite em pó;
1 xicara farinha de arroz;
1 colher (sopa) rasa de açucar;
1 sache de fermento de pão;

Deixe descansando, enquanto isso leve ao fogo:

300ml de agua;
6 colheres(sopa) de polvilho doce.

Vá mexendo sempre até formar um grude tranparente, desligue o fogo e reseve.

 O grude...É ou não é estranho? Hehehe...

Faça um buraco no meio daquela mistura que estava descansando e coloque:
1 colher (chá) sal;
2 ovos;
3 colheres (sopa) oleo;
1 colher (sopa) margarina.

Misture bem, coloque o grude reservado ainda quente e va amassando com as mãos.
Será  preciso colocar mais ou menos 1 xicara de farinha de arroz a mais até se obter uma massa lisa (fica parecida com a de trigo).
Divida a massa em pequenas porçoes e modele os pães.
A massa ficou lisa, porosa e não grudava nas mãos.

 Modelei os pãezinhos compridinhos... Mas acho que bolinha mesmo fica melhor.

Deixe crescer, coloque uma bolinha num copo com agua quando ela subir o pao estará crescido, antes de ir ao forno faça cortes com uma faca e pincele leite ou gema de ovo para dar brilho.

Os pães cresceram bastante e deram uma prostrada.

Ponha para assar em forno preaquecido.
Acredito que o fubá de arroz não seja ideal para fazer essa receita, por ser mais grosso, talvez por isso os pães tenham dado uma amolecida ao crescer. Ficaram baixos, mas bem fofinhos.

Essa foto tirei assim que saíram do forno! Acho que poderia ter crescido mais, ou ficado mais alto.

 
O interior ficou perfeito, parecido com "pão de verdade".

                                      Saiu até um belo Sanduba do Maridinho pra mim!!! Super!

 Agora faça você e mande a foto pra mim, e claro mande também o pulo do gato, rsrsrs.
Beijos e até!



terça-feira, 9 de agosto de 2011

FOCACCIA SEM GLÚTEN

Queridos leitores...
Depois de uma fase de preparativos, festas e muitas mudanças consegui preparar umas receitinhas boas para compartilhar com vocês.
Prometi um post especial sobre meu casamento e ainda a lua de mel no Chile e quero que seja especial como foi minha vida nos últimos meses, então estou cuidando dos detalhes. 
A Lívia, uma amiga muito querida veio conhecer o nosso AP e pensei no que servir a ela... Como ela adora pizza resolvi variar e preparar uma focaccia. 


INGREDIENTES:
1 xícara de farinha ou creme de arroz;
1/2 xícara de polvilho doce;
1 e 1/2 colheres das de chá de CMC ou Goma Xantana (Se ainda não conhece CMC clique aqui);
1 colher das de chá de óregano;
1/2 colher das de chá de sal;
1 ovo;
1 colher das de sopa de azeite;
1 xícara de água morna;
1 colher (de chá) de vinagre de maçã;
2 colheres das de chá fermento biológico seco;
2 colheres das de chá de açúcar;

RECHEIO:
Usei recheio de peito de frango desfiado que já tinha pronto;
Catupiry;
Mussarela ralada;
Tomate em rodelas;
Azeitonas;
Folhas de manjericão;
Molho pronto.


MODO DE PREPARO:
A massa da focaccia vai para o forno já com o recheio, assim, é interessante que se deixe os ingredientes reservados já prontos para usar. 

Em uma vasilha misture o fermento, 1 colher de açucar e meia xícara de água e deixe levedar em um local fechado (no forno desligado, ou microondas é perfeito).
Enquanto isso misture os  todos os ingredientes secos, reserve, e em outra todos os líquidos. Despeje os líquidos na mistura de farinha e acrescente a água de fermento.
Misture na batedeira em velocidade baixa, e aumente para a velocidade máxima por 3 minutos.
Espalhe a massa em uma assadeira de pizza untada e enfarinhada (com farinha sem glúten). Use uma assadeira pequena, de forma que a massa fique grossa, principalmente nas bordas, vale lembrar que a massa fica bem pegajosa.

 A massa ficou meio escura porque usei farinha de arroz integral.

 Massa depois de crescida.


Em seguida distribua o molho e o recheio de sua preferência.
Asse em forno pré- aquecido até que a massa fique dourada.


 O recheio penetra na um pouco na massa e a massa grossinha dá um "ar" de pão, fora o perfume que invade a cozinha... Ah! Não há quem resista!!!

 Gosto da massa bem grossa!

 
Vai uma fatia aí? Rsrsrs...

terça-feira, 2 de agosto de 2011

RISOTO RITTO COM ABOBRINHA E ALHO ASSADO

Hoje trago uma novidade quentinha da Mundo Verde de Palmas.


Estive lá no sábado e gostei muito das novidades, cada dia a loja está mais completa!
Entre as atrações estava esse risoto Ritto da Marca Mãe Terra, é uma combinação de grãos contendo: arroz longo, arroz vermelho, feijão fradinho, lentilha, linhaça, quinoa e gergelim. Confira na embalagem o que não contém glúten, pois existe outros tipos que contém.

A receita estava no verso da embalagem, fiquei louca para experimentar, e nada melhor que almoço em família na casa de Mame para testar!

INGREDIENTES:
 6 Dentes de alho partidos o meio;
1/4 de xícara (chá) de azeite de oliva;
1/4 de xícara (chá) de cebola picada finamente;
2 xícaras de abobrinha cortada em meia lua;
1 colher de sal marinho (usei sal normal);
1/2 xícara de vinho branco;
2 colheres de salsa e cebolinha;
2 colheres de manjericão (infelizmente não tinha fresco, usei o desidratado);
3 xícaras de Ritto cozido (preparo básico);
2 colheres de sopa de parmesão ralado.

Preparo básico: Lave o Ritto em água corrente por duas vezes e deixe escorrer em peneira fina. Para cada xícara de Ritto adicione 4 e 1/2 xícaras de água em uma panela, leve ao fogo alto, assim que inicia a fervura, abaixe o fogo e deixe cozinhar por 35 a 40 minutos. Desligue o fogo e escorra a água.  **Em panela de pressão adicione 3 partes de água para uma de Ritto e cozinhe por 15 minutos.

 MODO DE PREPARO:
Embrulhe os dentes de alho em papel alumínio e leve para assar por 10 minutos em forno preaquecido.
Em seguida coloque o alho em uma tigelinha com metade do azeite e deixe marinar.
Em uma panela coloque o restante do azeite e a cebola para saltear durante 1 minuto em fogo médio.
Acrescente a abobrinha e o sal e salteie por 3 minutos.
Acrescente o vinho branco, a metade das ervas, os grãos cozidos, e misture e cozinhe por 5 minutos para incorporar o tempero aos grãos.
Diminua o fogo, coloque o queijo parmesão, misture bem por mais ou menos  minuto.
Desligue o fogo, já no recipiente que vai servir, regue o risoto com o alho assado e seu azeite, salpique o restante das ervas e sirva quente.

O azeite com o alho perfumou a cozinha toda, minha irmã disse que cheirava a restaurante chique!
O resultado foi esse...

 E a apresentação do prato:

O arroz era o acompanhamento do creme de milho e lagarto ao molho madeira da mamãe.
O resultado foi surpreendente e todos adoraram!
Beijos e até o próximo...