O QUE É GLÚTEN???




glúten é uma proteína presente no trigo, cevada, centeio, aveia e malte e em todos os seus derivados, como a farinha, farelos, germe, etc. 

Ele é ativado quando se adiciona água à farinha, onde seus dois componentes (gliadina e glutenina) se aglomeram para formar a massa e conforme a massa é trabalhada (sovada) o glúten confere elasticidade, plasticidade e adesividade, permitindo o crescimento do pão, sua maciez e boa textura. 

Algumas pessoas nascem ou desenvolvem sensibilidade na digestão do glúten, também conhecida como Doença Celiaca, e é caracterizada principalmente por vômitos, diarréias, distensão abdominal e dificuldade na absorção dos nutrientes pelo organismo. 

A intolerância à proteína causa também outros sintomas como a Dermatite Herpetiforme (DH), que é um estado de empolação da pele e que coça intensamente, mesmo quando se trata de uma erupção branda. Não é contagioso, mas sim genético genético. 

Pode irromper em pequenos caroços, como pápulas de picada de inseto, alguns com pequenas bolhas com líquido na parte de cima que são chamadas vesículas. 

Podem no entanto também ter a aparência de uma colméia, persistindo numa só área, ou parecer uma dermatite rosada e escamosa. DH pode surgir e desaparecer mesmo sem tratamento.

Como esta doença não tem cura, a pessoa deve evitar, de acordo com a indicação de um nutricionista, os alimentos que contenham glúten. 

De acordo com a Lei n° 8.543, de 23 de dezembro de 1992, há a obrigatoriedade de informar no rótulo a presença de glúten nos alimentos. Isto porque diversas pessoas apresentam sensibilidade a esta proteína. 

Assim, a pessoa intolerante ao glúten, deve evitar os produtos como pães, biscoitos, bolos, massas, salsichas, hambúrguer, salgadinhos, leite maltado e outros produtos que contenham farinha de trigo, cevada, aveia e centeio. 

O fubá e as farinhas de milho, arroz, batata, mandioca, amido de batata e soja podem ser consumidos por celíacos por não conterem um destes componentes que formam o glúten. 

O importante é estar sempre atento ao rótulo dos alimentos que for consumir além de cuidados com contaminação no preparo e utilização de utensílios no preparo de alimentos com glúten e isentos de glúten.

Para saber mais, consulte sempre um Nutricionista, que será a pessoa mais indicada para conversar com você sobre alimentação isenta de glúten. 

É muito importante que ao sentir algum desses sintomas, a pessoa procure um dermatologista no caso da DH, onde será necessário fazer biópsia das manchas, ou um gastro que fará a investigação por exames de sangue e endoscopia. Fazendo o diagnóstico cedo poderá ser evitado problemas mais sérios no futuro.